Publicidade

terça-feira, 20 de julho de 2010 Bancos, Loteria, Mercado financeiro | 07:55

Novos títulos de capitalização servem até como fiança para aluguel

Compartilhe: Twitter

Para tentar vencer a resistência que muitos consumidores têm aos títulos de capitalização, as instituições financeiras estão se empenhando no desenvolvimento de produtos que acrescentam funções às originais, de poupança programada e sorteio de prêmios.

Uma das coqueluches é o título que funciona como fiança para contratos de aluguel. Depois de fazer um acordo com o proprietário do imóvel sobre o valor da garantia, o inquilino recolhe mensalmente uma parcela. Em caso de inadimplência, o dono resgata o montante pago; se não houver incidentes, o inquilino pode sacar o dinheiro no final.

“As empresas perceberam que existem algumas necessidades mal-atendidas no mercado. No caso do aluguel de imóveis, as vantagens de ter um título de capitalização são: não precisar pedir para ninguém ser seu fiador e também não ter que fazer um seguro, que é caro”, diz Natanael de Castro, diretor comercial da Brasilcap, do Banco do Brasil.

Há, ainda, títulos que oferecem descontos em estabelecimentos como farmácias e serviços extras de encanador, chaveiro e eletricista para emergências, e os que pagam bônus de até 20% do valor total recolhido para quem fica com o produto até o seu vencimento. Certas modalidades fazem parcerias com ONGs e projetos sociais e a eles destinam uma fatia do que é arrecadado com a venda do produto. Outras permitem que parte do valor seja aplicado em fundos de ações, o que pode gerar um rendimento extra ao final do período.

Antes de adquirir um título de capitalização, o cliente deve se informar com muito cuidado sobre as características do produto. Diversos tipos não devolvem a totalidade do montante pago, por exemplo. Então, é essencial obter por escrito um documento que detalhe a forma de correção dos valores, a premiação, a periodicidade do sorteio e as regras para o resgate.

Na avaliação de Castro, a imagem ruim que os títulos de capitalização possuem vem de uma compreensão errada do produto. “Não se trata de um instrumento de investimento”, frisa. “Mas serve como maneira de guardar dinheiro e ainda dá a chance de se ganhar uma bolada. Se colocados em uma aplicação financeira, os montantes renderiam um pouco mais, porém não valores capazes de mudar a vida de alguém. Isso um prêmio de loteria pode fazer.”

LEIA MAIS:
Loteria é o melhor lado da capitalização

Autor: Tags:

Nenhum comentário, seja o primeiro.

 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios