Publicidade

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 Consumo, Crédito, Dívidas | 17:58

Consulte protestos nos cartórios de SP de graça pela internet

Compartilhe: Twitter

No endereço http://www.protesto.com.br/, informando apenas o número do seu CPF, o consumidor pode descobrir se existe algum protesto contra si (por falta de pagamento de uma conta) nos cartórios do Estado de São Paulo.

Esse é um serviço gratuito permanente, oferecido pela seção paulista do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil (IEPTB-SP).

Mas, neste final de ano, a entidade está realizando uma campanha para ajudar o inadimplente a regularizar a sua situação usando o 13º. salário. Entre 16 e 30 de dezembro, pelo site, o devedor receberá, a custo zero, todas as informações para quitar as pendências, como o cartório em que o protesto foi registrado, os valores, o endereço e telefone do credor.

Normalmente, é cobrada uma taxa por essa consulta, que deve ser feita pessoalmente pelo interessado.

O processo do acerto, depois, continua sendo o usual –o consumidor precisa procurar a empresa que detém a dívida, quitar os compromissos atrasados e depois apresentar os comprovantes ao cartório. Mas, ao permitir que o inadimplente faça pela internet metade do processo sem gasto nenhum, o instituto diminui a burocracia que envolve a limpeza do nome e facilita a vida de quem deseja começar 2011 mais leve.

SAIBA MAIS:
Superendividado? Organização e informação são o remédio
Três ótimos argumentos para usar na renegociação de dívidas
Limpe o seu nome para as compras de final de ano
O melhor uso que se pode fazer do 13o. salário
Funcionário pode reorganizar sua vida financeira com a ajuda da empresa

LEIA MAIS:
Abatimento de despesas médicas no imposto de renda em 2011 pede atenção redobrada
Três providências a adotar agora para pagar menos imposto de renda no ano que vem
Juros ao consumidor devem continuar em queda
Final do ano é oportunidade para equilibrar as contas da casa de praia
Outra ideia para o 13o. salário
A fórmula do sucesso na Bolsa de Valores
Abusos de vendedores e taxistas em eventos

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

7 comentários | Comentar

  1. 7 FABIO DE OLIVEIRA 09/06/2011 10:05

    A CONSULTA DESTE SITE, NÃO É GARANTIDA. AS INFORMAÇÕES SÃO IMPRECISAS. E NEM TUDO NESTE SITE É GRATUITO.

    Responder
  2. 6 orlando 17/05/2011 22:20

    eu nao recebi a carta com o codigo de acesso,sendo assim nao tem como fazer a pesquisa ,sendo que fui fazer um crediario e foi negado por ter o nome sujo no spc ,como faço pra saber onde e qual a minha divida no comercio de sp

    Responder
    • Denyse Godoy 17/05/2011 22:24

      Oi, Orlando! Em casos de débitos antigos, você precisa consultar o SCPC ou a Serasa pessoalmente.

  3. 5 Zé Carlos 17/05/2011 19:28

    Em partes é uma boa iniciativa, mas… qualquer pessoa poderá fuçar no CPF de outro, e sair informando por ai que fulano ou sicrano tem o nome “sujo” ?

    Responder
    • Walace 18/05/2011 12:59

      Quando suja o nome é porque não pagou e se nao pagou deu prejuizo prá mim, prá vc e para todos os cidadãos, porque o comerciante não perde, ele repassa em aumento de custo encarecendo o produto. Então se todos pagarem os preços serão menores. Portanto tem que bota a boca no Trombone mesmo.

    • Denyse Godoy 17/05/2011 21:16

      Não, Zé Carlos, não pode, porque o acesso somente é facultado ao consumidor, que recebe uma senha na carta de aviso da negativação.

  4. 4 renato 18/11/2010 21:34

    Denyse, muito relevante essa informação. Parabéns!

    Responder
  5. 3 Edna 18/11/2010 13:51

    Denyse, não entrei no site ainda, mas é garantido? Pergunto isso pois fiquei com receio de colocar o CPF pois é um site “.com”, o que me deixa um pouco desconfiada. Quando se trata de algum “.org.” ou “.gov” não me preocupo tanto, mas nesse caso tenho sim muita desconfiança.

    Responder
    • Denyse Godoy 18/11/2010 14:42

      Oi, Edna! O site é mantido por uma entidade idônea, que reúne os cartórios de protesto paulistas.

  6. 2 eduardo 18/11/2010 11:20

    pelo que vi não é de graça não.

    Responder
    • Denyse Godoy 18/11/2010 12:04

      É totalmente gratuito, sim.

  7. 1 Paulo Ilmar Kasmirski 18/11/2010 10:44

    Uma iniciativa de gente inteligente, para desenvolver a inteligência dos outros

    Consulte protesto em cartório sem custo, assim diz essa matéria informativa boa iniciativa se funcionar foi testado funcionou, se ficar e bom

    Assim deviam funcionar todas as coisas, incluindo os gastos públicos para evitar pagar varias vezes a mesma coisa, ainda com preços acima que o mercado pratica

    Com isso elimina os falsos limpadores de saldo dos devedores que contratam para limpar o nome, acabam sendo limpa, e as contas sem ser pagas
    http://www.protesto.com.br/protesto/ieptb/SP/busca/SinProtIF.php

    No futuro será assim? Teremos o nosso próprio risco mundial

    Mas ta na hora de por uma variação de risco tipo risco Brasil para cada cidadão para cada empresa, através de um cadastro único nacional com alcance internacional

    Por que esta chegando à nova era da econômica, e qualquer um de nos em qualquer lugar do mundo, e como se estivesse sempre no mesmo lugar, estando em qualquer, do planeta seremos consumidor gastando a vista ou crediário ou cartão, com a garantia do próprio cidadão, a pontuação e que libera o consumo

    Pela regra educando continuamente os consumidores, desde a barriga da mãe passando pelo processo educacional ate o fim da vida, isso funcionou no mundo da ficção, vindo para o mundo real baixando os custos melhorando a qualidade de vida

    Contas feitas sem pensar viram o inferno em vida por dispensar uma gestão planejada

    Por falta de levar tudo da vida real para as salas de aulas de todas as escolas

    http://seudinheiro.ig.com.br/2010/11/17/consulte-protestos-nos-cartorios-de-sp-de-graca-pela-internet/

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios