Publicidade

segunda-feira, 23 de maio de 2011 Casa, Família | 17:59

Ligações de telefone fixo em 560 cidades de mesmo DDD terão custo de chamada local a partir de sábado

Compartilhe: Twitter

A partir do próximo sábado, dia 28 de maio, os usuários de telefone fixo de 39 zonas metropolitanas brasileiras e três regiões classificadas como integradas de desenvolvimento poderão fazer ligações para os municípios vizinhos  que possuem o mesmo código de área nacional, o DDD, pelo preço de uma chamada local, segundo informou hoje a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Serão afetados pela medida cerca de 560 municípios, onde vivem 68 milhões de pessoas.

A mudança foi publicada pela agência em janeiro último, após uma revisão do conceito de área local para a telefonia.

Os preços das chamadas entre fixos e móveis não serão alterados.

Confira as regiões metropolitanas contempladas:

Alagoas
Maceió
Agreste

Amapá
Macapá

Amazonas
Manaus

Bahia
Salvador

Ceará
Cariri
Fortaleza

Espírito Santo
Grande Vitória

Goiás
Goiânia

Maranhão
Sudoeste Maranhense

Mato Grosso
Vale do Rio Cuiabá

Minas Gerais
Belo Horizonte
Vale do Aço

Pará
Belém

Paraíba
Campina Grande
João Pessoa

Paraná
Curitiba
Londrina
Maringá

Pernambuco
Recife

Rio de Janeiro
Rio de Janeiro

Rio Grande do Norte
Natal

Rio Grande do Sul
Porto Alegre

Roraima
Capital
Central
Sul do Estado

Santa Catarina
Carbonífera
Chapecó
Florianópolis
Lages
Norte e Nordeste Catarinense
Vale do Itajaí
Tubarão

São Paulo
Baixada Santista
Campinas

Sergipe
Aracaju

As regiões de Foz do Rio Itajaí (SC), Grande São Luís (MA) e São Paulo (SP) já eram consideradas área local para a telefonia fixa.

As regiões integradas de desenvolvimento são as seguintes:

Distrito Federal e Entorno (DF/GO/MG)

Pólo Petrolina e Juazeiro (PE/BA)

Grande Teresina (PI/MA)

A lista das cidades beneficiadas pode ser consultada no site da Anatel.

Autor: Tags: ,

125 comentários | Comentar

  1. 5 cyanea passerino schippers 23/05/2011 18:43

    Moro há 2 kms da divisa de Águas da Prata com São João da Boa Vista e as duas cidades distam 10kms uma da outra.A Prata é praticamente um bairro de S.João pois dependemos dela para tudo:roupas, calçados,médicos,cursos,faculdades,supermercados (na Prata só tem um pequeno)armarinhos,etc,etc. Nossos telefonemas para S.João são todos interurbanos, já era tempo de sermos premiados também com ligações locais.Cyanéa Passerino Schippers

    Responder
  2. 4 Edercio Aguiar 23/05/2011 18:35

    e sobre a cobrança da assinatura residencial e comercial a ANATEL não fala nada essa sim iria beneficiar toda a população brasileira, ai ficam inventando onda para esconder o progeto que tem no congresso pedindo o fim da cobrança de assinatura que ningem vota, acorda Brasileiros cuida dos politicos que vcs pôe no congresso.

    Responder
  3. 3 Valter 23/05/2011 18:32

    Um absurdo a cidade de Caruaru não esta incluida entre as cidades acima , para vcs que não sabem Caruaru é uma cidade polo da Sulanca todas as semanas veem pessoas de varias cidades do Brasil , enquanto Recife foi baneficiada Caruaru ficou esquecida .

    Responder
  4. 2 josé de miro mazzaro 23/05/2011 18:29

    Cadê Alvares Machado e P.Prudente, municipios conurbados, segundo a Embratel. Até 1993, as ligações eram locais. Depois chegaram a um custo que era melhor pegar o carro e conversar pessoalmente com o interlocutor. ô atraso. Eta exploração e vai por ai…

    Responder
  5. 1 josé 23/05/2011 18:28

    ATE QUANDO O VALE DO PARAIBA VAI SER EXCLUIDO DESSAS TAXAS DE DDD O QUE E UM ABSURDO LIGAR PARA UMA CIDADE PROXIMA QUE NAO DA 20 KILOMETROS E TEMOS QUE PAGAR INTERURBANO QUANDO O PREFIXO DO VALE E TODO ELE É 12 ATE QUANDO.

    Responder
  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última
  9. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios