Publicidade

sexta-feira, 10 de junho de 2011 Casa própria, Imóveis | 17:53

Financiou imóvel na planta? Antecipe parcelas em junho para fugir do pico anual do INCC

Compartilhe: Twitter

O INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) é o indicador que reajusta mensalmente as parcelas dos financiamentos de imóveis adquiridos na planta. “Como diz o seu nome, acompanha a evolução dos custos na construção civil em sete capitais: Brasília (DF), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) Salvador (BA) e São Paulo (SP)”, explica Ana Castelo, consultora da FGV (Fundação Getulio Vargas) responsável pela medição. “Engloba os preços de mão de obra, material, equipamentos e serviços.”

Os salários pagos aos trabalhadores têm o maior peso no levantamento, e é por isso que, entre maio e junho, todos os anos, o índice apresenta um pico: essa é a época do dissídio em São Paulo.

Em 2011, por exemplo, o INCC ficou em 0,39% em fevereiro, 0,44% em março, 0,75% em abril e 2,03% em maio.

Essas porcentagens são aplicadas aos financiamentos imobiliários com dois meses de atraso. Por exemplo, o índice de abril recai sobre a parcela de junho, o de maio, sobre o de julho, e assim por diante.

Então, o mutuário que precisa pagar parcelas maiores –as chamadas intermediárias: trimestrais, semestrais ou anuais– a partir de julho pode fazer uma economia considerável se adiantar sempre a quitação para maio ou junho, fugindo, dessa maneira, do auge do INCC ao menos nessas prestações mais pesadas.

“Aí está é o pulo do gato”, diz Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP, o sindicato das empresas paulistas do setor imobiliário.   

Frisando: se precisar escolher, é melhor o mutuário antecipar parcelas intermediárias sempre no primeiro semestre.

Colaboraram André Vieira e Pedro Carvalho

Continue lendo sobre imóveis:

Autor: Tags: ,

4 comentários | Comentar

  1. 14 Diego 30/06/2011 22:26

    Com relação a correção retroativa deve ter corrido pelo seguite. Todo mês as construtoras viram a tabela de preço. Como você comprou no dia 10 de março, você deveria ter pego a tabela de março. Mas para fechar negocio, talvez a construtora tenha feito o preço em cima da tabela de fevereiro ( um pouco mais barata). Nesse caso, o contrato deve ter ficado com a data do ultimo dia de fevereiro. Logo o inicio das correções do INCC é dia 01/03/2011. Acho que é isso. Abraço

    Responder
  2. 13 Diego 30/06/2011 22:21

    Roberto, o INCC é sempre calculado sobre o saldo devedor! Todo mês o indice é aplicado! Quando você pagou as suas intermediarias já deve ter ocorrido a correção para elas. Agora você irá pagar o saldo devedor, no caso 80%, com as correções do indice INCC. Abraço

    Responder
  3. 12 Roberto Pires 27/06/2011 23:03

    Boa noite!
    Comprei um imóvel na planta, paguei todas as intermediárias no ato da compra e as quais representavam 20% do valor total do imóvel; ficando o saldo devedor restante a vencer em maio de 2012. Gostaria de saber se o incc deve ser calculado sobre o valor Total de venda do imóvel na época ou dos 80% do saldo devedor a vencer em maio de 2012!
    A compra foi realizada a partir de 10/03/2011, mas foi aplicado a correção retroativo a data de 01/03/2011., à partir de quando estaria correto as correções de incc? Por favor ajudem-me!!!!!!

    Responder
  4. 11 ROBERTO FREITAS 16/06/2011 18:58

    Boa noite. Sou advogado e comprei um imovel na planta. Alerto aos leitores/internautas para ficarem espertos quanto ao juros pro-rata que estão tentando cobrar após a data de entrega das chaves. Tambem fiquem alerta quanto a virada de mes junho para julho, que haverá um pico no INCC. Como disse muito bem a ilustre colega, se preparem para a amortização antes disso. Quanto ao INCC e inclusive juros pro-rata (juros diários) vou entrar em juizo para discutir.
    advogado ROBERTO FREITAS SANTOS

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios